Aconteceu em um sábado à tarde de muito calor, c/ cerca de 20 trilheiros. Não faltou lama, rio, morro e mato. Da nossa turma participaram: André, Darvim, Claitom, Jorge, Rodrigo, Júlio, Fernando, Levi, Rauber e Jardel.


A trilha acabou mais cedo p/ o Rodrigo que furou o pneu e o Claitom c/ problemas mecânicos. 


Importante deixar registrado o comentário do Darvim, c/ o título: – Vocês estão acelerando muito ! É bom que alguém se lembre de vez em quando que em cima das máquinas de ferro e aço estão pessoas de carne e osso. E ninguém quer ver um amigo terminar a trilha mais cedo. Então na hora de acelerar lembrem as palavras do profeta e cuidem p/ não ultrapassarem seu limite de domínio e controle da moto.


Agradecemos aos trilheiros de Santo Cristo pela recepção e a ótima trilha realizada.